• Instagram

um corpo só é um ensaio sobre a descoberta silenciosa de um corpo em movimento. 

um deslocar contínuo, um desejo de alcançar o fim pelo caminho.

não seria o medo do pouso a premissa para o andar? o afastar a vontade de rever?

 

no vagar, o futuro que não virá. o destino diluído pela surpresa do acaso, o desvio erguido pelo silêncio. a imagem, superfície volátil que fissura o isolamento e recria a solidão, matéria que desaparece no mesmo instante em que é fixada na memória. 

© Bárbara Bragato Todos os Direitos Reservados I barbara.bragato6@gmail.com